Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Seinfra realiza prevenção de alagamentos diariamente, mas precisa que a população ajude não jogando lixo na rua

Seinfra realiza prevenção de alagamentos diariamente, mas precisa que a população ajude não jogando lixo na rua


A Prefeitura de João Pessoa, através da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), intensificou nos últimos dias as ações rotineiras, a exemplo da limpeza de galerias pluviais, para evitar alagamentos na Capital. Só este ano, no orçamento da pasta foi destinado o valor de R$ 18 milhões para melhorias na rede de drenagem. As intervenções feitas pela atual gestão já reduziram de 110 para 26 os pontos de alagamentos na cidade.

Os serviços de manutenção e prevenção na rede de drenagem são realizados de forma diária, com diversas equipes da Seinfra espalhadas por toda a cidade fazendo ações como limpeza e desobstrução de galerias, recuperações e construções de bocas de lobo e caixas coletoras e colocação de grelhas.

Também foram realizadas obras de drenagem em pontos que historicamente registravam alagamentos no período chuvoso. A exemplo da Avenida Hilton Souto Maior, em frente ao Mangabeira Shopping; da Rua Francisco Leocádio Ribeiro Coutinho, nas proximidades do Bessa Shopping; da Rua Radialista Newton Júnior, principal do Detran do Valentina Figueiredo; entre outras vias.

Maior programa de pavimentação da história de João Pessoa, o ‘Minha Rua Calçada’ também tem um olhar voltado para a drenagem das ruas. Todas as vias contam com infraestrutura completa de drenagem, calçadas padronizadas e itens de acessibilidade. Até o momento, a gestão já entregou 527 ruas à população e, até o fim da gestão do prefeito Cícero Lucena, este número deve chegar à 1.500.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Rubens Falcão, este conjunto de ações reduziram consideravelmente o número de pontos de alagamento em João Pessoa. E o intuito da gestão é seguir aumentando os investimentos ano a ano para seguir melhorando o sistema de drenagem da Capital.

“Isso é fruto de uma decisão da gestão da Prefeitura de João Pessoa de investir num problema gravíssimo que afeta as grandes cidades, que é a questão da drenagem urbana. Os investimentos vêm aumentando e este ano teremos R$ 18 milhões com recursos próprios e o resultado já vem aparecendo. Nós diminuímos de 110 pontos de alagamentos para 26. E vamos avançar cada vez mais”, destacou Rubens.

Prevenção – Além dos investimentos realizados, uma forma de prevenir o problema dos alagamentos é fazer um descarte correto do lixo. Só nos três primeiros meses deste ano, a Seinfra já recolheu mais de 39 toneladas de dejetos durante os serviços de manutenção na rede de galerias pluviais.

De acordo com o chefe de Drenagem da Diretoria de Manutenção e Conservação (DMC), Acacyo Daniel, os materiais encontrados durante os serviços de manutenção são diversos. Os mais comuns são plásticos, latas e madeiras. No entanto, ele relatou que já foram recolhidos sofás, pneus, vasos sanitários, bicicletas, colchões e carcaças de televisores, dentro outros produtos.

“Às vezes a população, até mesmo sem querer, coloca o lixo na calçada e uma chuva forte acaba levando esses dejetos para as galerias. A forma correta é colocar os dejetos numa lixeira elevada ou num balde de lixo, além de fazer o descarte no dia correto da coleta”, explicou.

Ações expostas – Com o intuito de explanar a situação da drenagem urbana de João Pessoa, o secretário de Infraestrutura Rubens Falcão, participou, na manhã desta sexta-feira (17), do Seminário de Saneamento Ambiental do Estado da Paraíba (Sanear-PB), que está acontecendo Centro Cultural Ariano Suassuna, no Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB).

“O Sanear-PB é o maior evento de engenharia sanitária do nosso Estado. Vários palestrantes estão discutindo temas importantes como o abastecimento de água, o esgotamento sanitário, drenagem urbana, controle de vetores e outras várias questões que envolvem o Meio Ambiente. Espero ter contribuído com o debate mostrando a realidade da drenagem urbana em João Pessoa”, concluiu o secretário.



Link da fonte aqui!