Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Como manter-se hidratada em dias de calor intenso – Wellness

Como manter-se hidratada em dias de calor intenso – Wellness


Com a chegada das altas temperaturas, é fundamental prestarmos atenção à nossa hidratação para mantermos a saúde e o bem-estar. A hidratação é essencial para a homeostasia corporal, garantindo a estabilidade das funções do nosso organismo. Nos dias mais quentes, a perda de água pelo suor aumenta significativamente, e é crucial repor essa perda para evitar a desidratação. De acordo com Gonçalo Botelho, especialista em Medicina Geral e Familiar e Medicina Preventiva e Funcional da Clínica Pilares da Saúde, “devemos consumir cerca de 2 a 2,5 litros de água por dia, incluindo a água presente nos alimentos como frutas e vegetais”. Nos dias de maior calor, este valor pode aumentar consoante a atividade física e a quantidade de suor produzido.

A forma mais eficaz de se manter hidratado é beber água ao longo do dia, preferencialmente fora das refeições. É importante não esperar pela sensação de sede, mas sim beber água de forma contínua. Frutas como melão e melancia e vegetais como pepino são excelentes fontes de água e ajudam a manter o corpo hidratado. Estes alimentos não só fornecem água, mas também importantes eletrólitos perdidos com o suor. “A água de coco biológica, não proveniente de concentrado, é uma ótima fonte de hidratação e de eletrólitos essenciais“, refere o médico. Alternativas como limonada sem açúcar refinado ou chá também são válidas, desde que feitos com ingredientes biológicos e sem aditivos artificiais. Consumir sopa ao almoço e ao jantar é uma excelente forma de ingerir líquidos adicionais, contribuindo para a hidratação. Evitar bebidas alcoólicas e cafeína também é importante, pois estas podem aumentar a desidratação.






Usar roupas leves ajuda a reduzir a sudação excessiva. Em dias muito quentes, procurar sombra e evitar a exposição prolongada ao sol são medidas importantes para prevenir a desidratação. Se praticar exercício físico, escolha horários mais frescos e locais com temperaturas mais baixas para reduzir a perda de líquidos. Cada pessoa tem necessidades hídricas diferentes, que podem variar com a constituição corporal e a presença de patologias como problemas cardíacos, hepáticos ou renais. Por isso, é essencial adaptar o consumo de água às necessidades individuais, evitando tanto a desidratação quanto o excesso de hidratação, que pode causar desequilíbrios eletrolíticos.

Estar atento aos sinais de desidratação pode prevenir complicações. Segundo Gonçalo Botelho, “deverá estar atento a sintomas e sinais de desidratação como sede exagerada, boca seca, pele seca, olhos encovados e secos, urina muito concentrada e em menor quantidade, mal-estar, fraqueza, tonturas, sonolência e dor de cabeça, principalmente pela manhã”. Manter-se hidratado em dias de calor elevado é vital para a saúde e o bom funcionamento do organismo. Seguindo estas recomendações, poderá desfrutar do verão de forma saudável e segura.














Link da fonte aqui!