Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Músico e instrumentista, Tiganá Santana, faz da música o seu feitiço

Músico e instrumentista, Tiganá Santana, faz da música o seu feitiço


Com mais de duas décadas de carreira, o artista Tiganá Santana faz da música o seu feitiço.

Músico em destaque na cena artística brasileira atual, ele lança o sétimo disco com canções ancoradas em instrumentos de corda: violões, guitarras, vários tipos de baixo e até cavaquinho.

Baiano de Salvador, Tiganá aprendeu violão clássico aos quatorze anos. Aos dezesseis, já compunha em línguas africanas. Criou o seu próprio violão, que chamou de violão-tambor, com uma corda a menos e afinação própria.

Agora, aos 41 anos, o compositor traz no novo álbum chamado Caçada Noturna a experimentação sonora que é a marca dos seus trabalhos musicais. Iniciado no Candomblé, Tiganá homenageia a divindade caçadora, e se inspira no mistério e no noturno para compor com poesia e percussão.

Formado em Filosofia pela Universidade Federal da Bahia, Tiganá cria, canta e celebra, com seu timbre alto, temas e sons afrobrasileiros. Ele conta que seu avô , a musicalidade dos candomblés e os blocos afros, principalmente o Ilêaie, foram as influências sonoras da sua infância na cidade de Salvador.

Com reconhecimento internacional, Tiganá segue cantando o tempo do sagrado, dos encantados, das matas profundas Brasil adentro.

O novo álbum do músico já está disponível nas plataformas digitais.



Link da fonte aqui!