Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Museu das Amazônias, no Pará, ganha pedra fundamental

Museu das Amazônias, no Pará, ganha pedra fundamental


Nesta segunda-feira (8), aconteceu o lançamento da pedra fundamental do Museu das Amazônias em Belém do Pará. A previsão é que o espaço seja entregue em outubro do ano que vem e que esteja aberto ao público para a COP-30, 30ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, que será sediada na capital paraense, em novembro de 2025.

O Museu das Amazônias fará parte do complexo Porto do Futuro II, um projeto de restauração de vários galpões da região portuária de Belém, construídos no século passado e que totalizam, aproximadamente, 50 mil metros quadrados. 

O projeto será dividido em quatro eixos: Amazônia Milenar, Secular, Degradada e Amazônias Possíveis, interligando história, ancestralidade, sem deixar de lado o olhar para os desafios e futuro da floresta, além de espaços para capacitação e pesquisa. 

A abordagem se estende pelos povos que vivem no Brasil e em outros sete países da América do Sul, por onde o bioma amazônico está presente.  

O Museu também reserva um espaço para temas, como: o saber dos povos indígenas; a chegada de seringueiros e outros grupos migratórios; a presença de quilombolas, pescadores, ribeirinhos e a população ligada ao extrativismo. O enfrentamento ao desmatamento, à destruição dos recursos da floresta; e as maneiras de evitar que se chegue ao ponto do não-retorno ganharão espaço permanente na pauta do museu.

A criação do Museu terá participação da comunidade acadêmica e científica da Pan-Amazônia. O Museu Paraense Emílio Goeldi irá coordenar um cronograma de escutas para que a sociedade civil também colabore com sugestões para o novo equipamento de cultura. 



Link da fonte aqui!