Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

História Hoje: A Jornada épica da Voyager 2 a Júpiter

História Hoje: A Jornada épica da Voyager 2 a Júpiter


Mais de 965 milhões de quilômetros separam a Terra de Júpiter. Cem milhões de quilômetros à frente, está Saturno. Nos anos setenta, a Nasa enviou duas naves para visitar os dois planetas.

Em 9 de julho de 1979, a Voyager 2 fez a maior aproximação de Júpiter, a cerca de quinhentos e sessenta mil quilômetros do topo das nuvens do planeta.

O lançamento da Voyager 2 aconteceu em 20 de agosto de 1977, antes da sua nave-gêmea. A Voyager 1 só foi enviada duas semanas depois, em uma rota diferente, e chegou a Júpiter quatro meses antes.

Cada Voyager levou equipamentos como câmeras, medidores de radiação, dispositivos para estudar ondas magnéticas e um disco banhado a ouro com “imagens e sons selecionados para retratar a diversidade da vida e da cultura na Terra”.

As primeiras imagens e dados científicos coletados pela Voyager 2 chegaram à NASA em abril de 1979. Durante a missão, a espaçonave sobrevoou as luas Ganímedes, Europa e Amalteia.

Também realizou dez horas de observação de um vulcão na lua Io e descobriu mais um satélite. Em quase um mês de estudos, a Voyager 2 enviou dezessete mil imagens.

Depois disso, fez uma inspeção em Saturno, no ano de 1981. Passou por Urano em 1986. E, em 1989, a Voyager 2 alcançou o ponto mais próximo de Netuno.

A Voyager 2 foi além da missão inicial e se tornou a única nave a estudar, de perto, todos os quatro planetas gigantes do sistema solar. E foi o primeiro objeto feito pelo homem a passar por Urano.

História Hoje Redação: Beatriz Evaristo Sonoplastia: Jailton Sodré Edição e apresentação: Bianca Paiva Publicação Web: Leyberson Pedrosa



Link da fonte aqui!